REFORMA ADMINISTRATIVA JÁ!

Não dependa da função pública para ter uma carreira sólida. O jovem quando inicia sua carreira profissional tem muitos sonhos, um deles é tão sonhada aprovação em concurso público. Ter um bom salário e uma jornada diária de trabalho sem correr risco de ser dispensado porque tem instabilidade na função, são condições que atraem o candidato e que só o serviço público consegue oferecer, em qualquer esfera da gestão pública, seja no judiciário, executivo ou legislativo.

A preparação para alcançar esse objetivo começa ainda na faculdade. Muitos estudantes ingressam em cursos superiores já pensando nesta possibilidade. Eu mesma recordo dos meus primeiros dias de aula, na Faculdade de Direito, em 1996, quando o professor de Direito Penal perguntou, aluno por aluno, porque ele decidiu fazer Direito. Dos 50 alunos, 49 já tinham se manifestado. Fiquei por último, e lá teve de tudo, aspirantes a delegado, juízes, procuradores, promotores e até diplomatas. Enfim, estavam ali para estudar, formar e fazer concursos. Não importava em qual canto do país, desde que fosse um cargo bem remunerado.

Quando chegou na minha vez disse o seguinte: “quero ser advogada!”. Meus colegas ficaram surpresos e o professor, que também era Promotor de Justiça, olharam-me com estranheza. Logo um deles, perguntou-me: – Você quer ser uma simples advogada? E eu respondi: – Quero sim! Com tanto juiz, promotor, procurador, etc, alguém vai ter que advogar…

E assim foi. Colei grau no dia 13/12/2000 e, três dias depois, fiz o exame da Ordem do Advogados do Brasil, sendo aprovada logo na primeira tentativa. Advoguei desde o primeiro dia em que recebi a minha inscrição definitiva da OAB. Um segredo entre nós: nunca invejei salário de juiz.

A estabilidade financeira, a garantia da aposentadoria, o descanso em pontos facultativos e feriados e ainda benefícios como auxilio alimentação, plano de saúde, férias prêmio, entre outros, fazem muitas pessoas disputarem uma vaga em um serviço público. Quando se trata em trabalhar ainda na esfera federal, a disputa é ainda mais acirrada para viver em uma cidade construída exclusivamente para abrigar o funcionalismo público. Isso é sinônimo de status. Porém, com o passar dos anos, o custo de tudo isso se torno insustentável. Para se ter ideia, nos últimos 12 anos houve um aumento de 145% nas despesas com a folha de pagamento de servidores públicos federais.

Aqui entre nós, se é o próprio contribuinte que arca com as despesas do funcionalismo público, os direitos precisam ser iguais. Não é mesmo? E não um cenário de desigualdades, como este que vivemos agora com as repartições públicas abarrotadas de servidores, sem contar aqueles nomeados para os cargos comissionados. Na verdade, a máquina pública está inchada e comprometida com gastos com pessoal, o que comprometem integralmente o orçamento com as despesas obrigatórias.

Você nunca ouviu falar que as principais dificuldades das prefeituras e governos estaduais são cumprir com o pagamento dos salários dos servidores? E que, por falta de recursos em caixa, o 13º salário é pago em suaves parcelas? Com o comprometimento da folha de pagamento, falta recursos para manter a prestação de serviços básicos, o que prejudica a qualidade de vida do cidadão.

As regras precisam mudar, não para comprometer os direitos adquiridos. Por isso defendo sim a proposta do governo federal de uma NOVA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, que preserve a estabilidade e os vencimentos dos servidores que já ingressaram no serviço público conforme os termos da Constituição atual. Porém, quero dizer a todos, que essas mudanças vão garantir igualdade e equiparar os direitos dos servidores públicos aos trabalhadores da inciativa privada. Já que para ter sucesso na vida profissional não dependemos exclusivamente de um cargo público. Se dedicarmos esse tempo para nos prepararmos para outros desafios, como na iniciativa privada, o sucesso profissional e pessoal é certo.

Pense nisso!

11 comentários em “REFORMA ADMINISTRATIVA JÁ!

Adicione o seu

  1. Bom dia!
    São bem vinda todas essas reformas ,
    mas tem duas que são essenciais e ninguém comenta.
    Reforma política e judiciária, sem essas duas o Brasil não caminha, pois são essas a causa principal da corrupção no país.

  2. Olá Alê
    Como seu eleitor espero q seu posicionamento de maneira equilibrada sobre os pontos negativos da reforma administrativa. Retirar ou deturpar a ESTABILIDADE dos servidores é bizarro. Imagine como será a influência de entes políticos sobre os servidores sem estabilidade? Servidor terá que submeter a tudo por medo de perder a função. Além disso, risco de aumento da manipulação da máquina pública. Teremos um serviço público parcial e pior. Prejudicar a Estabilidade é retrocesso. Diminuir privilégios, gratificações fora da realidade e absurdos na administração dos recursos são pontos positivos. Deputados e senadores deveriam diminuir salários e privilégios da classe política, cortar na carne, dá exemplo. Reforma política e tributária é fundamental, prioridade.
    #manutençãodaESTABILIDADE
    Conto e espero sua sensatez. Honre meu voto e de todas as pessoas q confiaram no seu mandato. Estamos de olho.
    Paz e bem.

  3. A sra. Tem ideia o tanto de dinheiro e tempo que é investido para passar em um concurso, para vir um filho da p* de um indicado por um político vim e te demitir “por falta de produtividade” eu vou te mostrar! Perai tá vendo essa foto aí deve ter pelo menos uns 3 mil reias de livros aí, isso sem contar material de cursinho, cursinho vídeo aula, site de resolução de questões, e a porra toda… fora o tempo que eu podia tá me divertindo vendo filme, namorando, me divertindo, etc… tempo vale mais que dinheiro aí vem uns políticos que NUNCA gastaram nem minutos lendo qualquer coisa falar que a estabilidade é um privilégio, que concursado ganha bem(mentira 8% a mais que dá iniciativas privadas em média) compara com um empregado na iniciativa privada que a maioria nem precisa perder tempo, no maximo elaborar o currículo aff são coisas incomparáveis, só no Brasil mesmo a gente tem esse tipo de pessoas.

    1. Reformas são importantes quando tem o propósito de melhorar, este não é o caso. Se querem um estado eficiente, acabem com os penduricalhos dos políticos, com os cargos comicionados e coloquem em prática os métodos de avaliação de desempenho. Sucatear o estado com essa proposta não vai ajudar em nada.

  4. Belo discurso, mas a Deputada poderia ir até algumas prefeituras e ver de perto como são tratados os funcionários sem a estabilidade, sabe aquele você sabe com quem esta falando? Ou seja os funcionários são obrigados a se submeterem a tudo ou então são simplesmente mandados embora, espero que reveja a sua opinião. Não a PECdarachadinha .

  5. Deputada, melhorar o Serviço público nesse sentido não estaria na contra-mão? Permitir o aparelhamento do Estado é uma opção salutar? Existem outras formas de melhorar o Serviço público e vocês escolhem a pior? Milhões de servidores, familiares e amigos não deixarão isso assim. É um crime contra a nossa pátria!

  6. Deputada, a senhora leu a reforma? Seu discurso é um e a reforma é outro!! A reforma é um retrocesso, é bizarro pensar em tirar a estabilidade do servidor, é uma garantia democratica, sem ela é nepotismo e perseguições políticas, permitir terceirizaçao como no art 37 da Pec, escondida como cooperação, é inadimissível, pois justamente irá precarizar ainda mais o serviço publico.

    1. Falta grana na prefeitura pq os cargo em comissão e indicados que recebem mais, outra falta gente pra trabalhar em cargos efetivos, já os comissionados tudo lá recebendo né… pensem nisso

  7. A reforma é um retrocesso, pois vai coloca o servidores reféns de vocês.
    E outra precisamos tira a regalias de vocês que recebe muito para não fazer nada.
    E temos que pensa em tributa as grandes fortunas pois só assim o Brasil caminha para frente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: