Em busca do tempo perdido

Só mesmo considerando a educação uma prioridade nacional para reverter o quadro que estamos vivendo. Ainda há muito o que fazer, inclusive em relação à qualidade do ensino, mas não podemos perder a oportunidade e tentar igualar as chances de conhecimento das pessoas no mercado de trabalho, cada vez mais competitivo.

Já descobrimos que a repetência reiterada gera desperdício de dinheiro público. O fracasso escolar é fonte de preocupação em muitos e diferentes países, em especial nos EUA, onde a questão da igualdade de oportunidades costuma ser levada a sério.

Acredito que alfabetizar e recuperar etapas do ensino fundamental e médio é o grande desafio das políticas públicas com a educação de jovens e adultos. Da mesma forma que entendo que o processo de alfabetização nos grupos mais velhos requer um esforço maior. Como também é inevitável lembrar que todos nós tivemos uma trajetória educacional prejudicado em função justamente da falta de políticas, em governos descompromissados que preferiram desviar os recursos destinados à Educação.

Mas como diz o nosso presidente Jair Bolsonaro, ninguém ficará para trás. Portanto, assumam esse desafio. Ele é de todos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: